É errado dormir sem calcinha?

Sono e calcinha

A verdade é que, em um mundo perfeito, a gente não usaria calcinha nunca. Ela só é boa para segurar o absorvente, quando você está menstruada. Nos outros momentos seria totalmente dispensável se não fossem as regras sociais de conduta.

Pois é, temos que usar calcinha porque é uma regra social, mas pela saúde o melhor seria não usar. E se você usa aqueles protetores diários na calcinha, pode jogá-los no lixo, eles também não são nada bons para a saúde da sua vagina.

Tanto a calcinha quanto o absorvente deixam a região abafada e isso aumenta a chance de infecções. E isso também vale para roupas apertadas e tecidos sintéticos. A infecção libera diferentes tipos de corrimento. Se você notar algo assim, busque a opinião de um médico.

A saída para tudo isso é dormir sem calcinha e deixar a região ventilar. Se você dorme por oito horas já é um terço do dia sem calcinha, deixando a vagina livre para respirar e fazer sua própria manutenção do PH.

Higiene e banho

Os médicos ainda não entraram em um consenso – como em grande parte dos assuntos -, mas a indicação é de que a vagina seja lavada com sabonete apenas uma vez ao dia. Isso mesmo, uma vez. Isso é indicado porque se o PH vaginal for alterado ele pode causar um desequilíbrio, atrapalhar sua saúde e causar infecções.

Para manter a flora vaginal intacta é preciso lavar apenas a parte externa, chamada de vulva – popularmente usamos o nome vagina para designar o todo, mas não é uma coisa só 😉 – e sem exageros: pouco sabonte e muita água são as indicações.

Sobre o sabonete íntimo, ainda há questionamentos sobre sua real utilidade, mas os médicos apontam que não há problema em usa-lo caso você goste, desde que siga as regras de higiene, que são as mesmas para qualquer tipo de produto.

Dicas rápidas